Como melhorar seus hábitos de uma vez por todas


Ano novo e as metas de melhorar várias coisas batem à porta: academia três vezes por semana, cortar açúcar, reclamar menos, meditar, dormir oito horas por dia e por aí vai.

O problema é que... passa-se uma semana a a gente já começa a se frustrar por ter quebrado muitas de nossas promessas de ano novo. Por que será?

Penso que mudar os hábitos é como usar a memória RAM do computador. Essa memória é usada pelo computador para executar programas, então quando você está lá, ouvindo música, navegando na internet com 10 abas abertas, copiando algo para um pen drive, a memória RAM é quem segura as pontas. Quando ela fica cheia, o computador trava. 

Então pense que nós somos um computador iniciado, sem nada aberto, ou seja, sem começar nenhum hábito novo. Aí ao mesmo tempo, você abre o Adobe Photoshop, o Adobe Illustrator, está ouvindo música no Spotify, com 20 abas de navegador abertas: vai travar. Da mesma forma que, se você começar tudo ao mesmo tempo, possivelmente não terá muito tempo de “resistência”. 

Então o que eu faço, Nadine? 

Comece uma coisa de cada vez, oras! Li esses dias que nosso cérebro aceita muito bem atividades que executamos sempre e isso torna-se um hábito. Foi assim que pensei no Planejamento Anual de Novos Hábitos!

E o que é o PANH?

Ele consiste em três passos:

1 - PLANEJAR
A cada mês você escolhe um hábito novo e o executa todos os dias do mês em questão: meditar, caminhar por 30 minutos, comer três porções de frutas, o que der na sua telha.

Que tal decidir agora quais serão os hábitos do seu 2019? Pra te ajudar, eu fiz uma super tabela:


E agora aqui vai um exemplo de preenchimento. Vale por o que quiser melhorar!


2 - MONITORAR
Depois de definir seus hábitos, vem a parte do monitoramento. Monitore todos os dias, coloque em um lugar visível, para que você possa marcar: planner, agenda, vale imprimir e colar na parede. Marque, e você pode ir adicionando um hábito novo a cada mês, e vai monitorando o hábito do mês atual e os dos meses passados, também. 

Fiz também uma tabela de monitoramento por hábito/mês:


3 - REPETIR!
Esse terceiro passo é uma consequência dos outros dois. Quando começamos a fazer algo constantemente, nosso cérebro vai se acostumando até transformá-lo em hábito!

Você pode encontrar uns hábitos pelo caminho com os quais não se acostuma de forma alguma. Nessa hora você substitui, procura um “hábito genérico” àquele e assim por diante.

Vamos começar, então! Está nas suas mãos!

Um beijo e um 2019 melhor a cada dia para você!