4 filmes na Netflix que vão te fazer refletir muito

Oi, gente! Tudo bem com vocês? Agora estou estudando real astrologia (cuidado com a louca dos signos!) e desde ontem a Lua está em Câncer (fica até sábado à tarde), o que caracteriza um período de bastante sensibilidade e também um ótimo momento para ficar com família, amigos, quem a gente ama.

Então decidi selecionar quatro filmes bem reflexivos pra gente assistir nesse fim de semana, todos disponíveis na querida Netflix! Tem lançamento que tá super em alta e alguns antiguinhos também. Vamos lá? 

Okja
FONTE
O filme (estreado com exclusividade na plataforma no final de junho) conta sobre a amizade da menina Mija e Okja, um animal gigantesco. A relação e a vida de Okja são ameaçadas pelos interesses capitalistas, nos fazendo refletir sobre ganância, o valor da vida (especialmente a dos animais) e chorar também. 


As vantagens de ser invisível
FONTE

Já indiquei outra vez esse filme aqui, sou apaixonada por ele. Charlie perde seu melhor amigo para o suicídio e conta sua vida por meio de cartas que não têm um destino real. Ele se vê numa nova escola, com dificuldades para socializar e precisando encarar seus traumas do passado. As Vantagens de Ser Invisível nos questiona sobre nosso lugar no mundo, nossas relações, nosso passado e em como ele pode refletir no futuro. 

O Escafandro e a Borboleta
FONTE

Esse filme é para quem anda perturbado com os problemas particulares, pois, com ele vemos que nossos problemas são pequenininhos e passíveis de resolução. Narra a história do escritor e editor da revista Elle, Jean-Dominique Bauby, que ficou totalmente paralisado após sofrer um derrame. Após assistir a esse filme, quero que você mentalize e repita a frase "Vou resolver tudo o que preciso resolver sem sofrer!". Além disso, é uma grande lição de amor ao próximo, superação e incentivo a fazer o que você pode fazer, aqui e agora.

Na Natureza Selvagem (Into the Wild)
FONTE

O que realmente importa? Quais são seus sonhos e propósitos? O que é verdadeiro e o que é artificial? Chris McCandless é um jovem com uma vida padrão, porém personalidade fora do padrão. Deixa futuro profissional, bens e família para trás para se aventurar na "natureza selvagem", buscando uma vida realmente natural e humana. O filme (derivado de obra literária) também nos questiona sobre o mundo a nossa volta, nossas relações, objetivos, no que damos importância. 

E aí, quem embarca nesse fim de semana reflexivo junto comigo? Tô precisando de uns dias assim e resolvi compartilhar esse "roteiro" com vocês. Espero que gostem! Um beijo e ótimo final de semana para vocês!