Eu não sou dessas pessoas

FONTE
Eu não sou dessas pessoas que dizem sim querendo dizer não. Muito menos dessas pessoas que conversam com você, já de olho em mais cinco. Porque eu justamente sou dessas pessoas leais. Leais com os outros, mas principalmente leais consigo mesmas. Eu não vou ser aquela pessoa que vai fazer jogo. Ou deixar de fazer algo que eu quero só para criar uma situação de falso domínio.
 
É isso: eu não sou dessas pessoas que controlam ou dominam. Eu sou dessas que olham nos olhos e só prometem aquilo que poderão cumprir. Aquela pessoa que valoriza o sentimento, sabe? Que valoriza aquilo que realmente deve ser estimado.
 
Justamente por isso eu não sou dessas pessoas que anunciam aos quatro ventos que suas últimas férias foram em Dubai. Porque eu sei que passar as férias em Dubai não te faz uma pessoa melhor e o que eu mais quero é isso: ser, a cada dia, uma pessoa melhor. Não sou e nem quero ser dessas pessoas que listam aos olhos de todos quais suas últimas obras de caridade - pois quando a gente as lista, elas desaparecem. 
 
Eu não serei dessas pessoas que só compartilham os momentos bons. Quero ser aquela pessoa que segura a sua mão na maior barra. Quero e vou. Porque eu não sou dessas pessoas que abandonam o barco frente à primeira tempestade: quero estar lá quando tudo ruir e ajudar a reconstruir.
 
O que eu quero que você entenda é que eu, simplesmente, não sou dessas pessoas. Mas, mesmo assim, não deixo de ser simplesmente mais uma. O universo não vai jogar os holofotes em mim, nem nada do tipo: para enxergar, você também não vai poder ser uma dessas pessoas. Vai ter que ser mais uma, só mais uma nadando no meio de tantas "dessas pessoas", e a gente vai chamar de destino. Como se, a todo momento, alguém soubesse que nós, realmente, não somos dessas. Somos elas. E só.